Quer dar uma olhadinha numa embalagem do futuro?

Em março deste ano, a Tetra Pak anunciou uma previsão de sua mais recente inovação – uma embalagem cartonada asséptica para o leite de ambiente que não é retangular, mas em forma de garrafa. No seu site proclama: “Quer dar uma olhadinha na forma do futuro? Veja o vídeo e verifique o que adiciona inovação para uma garrafa”.

Mas quando você olha para o video, ele não divulgara qualquer informação substancial ou qualquer desenho revolucionário. Aqui o video:

Aparentemente, a Tetra Pak ainda quer manter a futura forma da garrafa cartonada no escuro.

No recente anúncio a empresa por trás da caixa do leite retangular clássico afirma que a nova embalagem, sendo uma embalagem cartonada asséptica para o leite de ambiente que não é retangular, mas em forma de garrafa, combina todas as vantagens da embalagem cartonada com a conveniência da uma garrafa. A garrafa cartonada asséptica é feita de papelão renováveis que é Forest Stewardship Council (FSC) certificado. E parte por onde derrama o conteúdo, ou seja a parte superior da garrafa é uma parte de plástico moldada por injeção.

garrafa cartonada Tetra Top

Segundo Tetra Pak a garrafa cartonada estará fazendo sua primeira aparição comercial nas prateleiras em abril deste ano antes do lançamento na mídia na Suécia em 16 de maio de 2011.

Até aqui, o recente comunicado de imprensa. Parece empolgante, só que seis anos atrás, durante a Anuga Foodtec em 2005, a Tetra Pak lançou, o que chamou, a primeira garrafa cartonada asséptica do mundo: A Tetra Aptiva Aseptic. E, curiosamente, a Tetra Pak utiliza as mesmas imagens para as mais recentes notícias de última hora.

Tetra Aptiva Aseptic combina uma capa cartonada com um gargalo de plástico e tampa de rosca para oferecer uma embalagem distintiva, e inovadora para armazenamento ambiente. Concebido como uma alternativa às garrafas de plástico, o sistema Tetra Aptiva Aseptic requer menos da metade do investimento de capital em comparação com uma linha de enchimento para garrafas de plástico com uma capacidade comparável, oferecendo ao mesmo tempo aos produtores de bebidas economias operacionais que variam de 20 a 50% menos, comparativamente a garrafas de Polietileno Tereftalato Asséptico (APET) e Polietileno de Alta Densidade Asséptico (PEAD).

Tetra Aptiva Aseptic é especialmente adequado para o mercado de on-the-go bebidas que cresce rapidamente e são distribuídas através de máquinas automáticas de venda, lojas de conveniência, supermercados e outros canais de distribuição. A garrafa cartonada tem uma abertura larga para beber fácilmente, e uma tampa de rosca, reselável.

O futuro, que Tetra Pak proclama hoje, tinha atingido o mercado já em 2005, quando Pascual, líder do leite, bebidas e produtor de alimentos em Espanha, selecionou Tetra Aptiva Aseptic para a introdução de Scapy, uma nova marca para entrar no mercado de bebidas para os jovens de 8 -14 anos. Lançado em novembro de 2005, Scapy é uma mistura de suco de fruta e leite enriquecido.

A descrição na época era o seguinte: “A garrafa catonada fornece todo o valor de base representado por Tetra Brik Aseptic e também cria impacto visual com o consumidor – uma das principais tendências para os próximos anos”, disse Cesar Diaz, Gerente de Marketing e Desenvolvimento de Negócios do Grupo Leche Pascual.
Testado no mercado da Europa e da Ásia, os consumidores reagiram positivamente à embalagem Tetra Aptiva Aseptic, sublinhando a sua “imagem de valor elevado” e benefícios funcionais, tais como a tampa e a ergonomia. Durante os testes, os consumidores descreveram Tetra Aptiva Aseptic como “atraente”, “novo” e “diferente” e elogiaram a “transparência” da parte superior do plástico.

“Tetra Aptiva Aseptic fornece uma solução de baixo investimento, tanto para clientes novos como existentes”, disse Jerry Bengston, vice-presidente do Segmento Premium da Tetra Pak Embalagem Ambiental. “Os clientes já utilizando embalagens de cartão ambiente encontram uma evolução natural com as garrafas cartonadas Tetra Aptiva Aseptic e desfrutam de muitos benefícios. Para novos clientes, a garrafa cartonada oferece um veículo atraente e distintivo para lançar uma nova marca ou um produto”.

A Tetra Aptiva Aseptic é fabricada sobre a Tetra Pak A5, uma nova máquina de enchimento, que estará disponível em duas versões, uma para as embalagens ‘single-service’ e a outra para as embalagens tamanho família.

O processo de enchimento e formação desenvolvidos para a Tetra Pak A5 utiliza rolos de material de embalagem conhecido, base de papelão, bem como pré-acabados de plástico e tampa superior. O processo de formação e enchimento começa quando a folha de material de embalagem é formada em torno do mandril de indução e seladas para produzir uma manga de embalagem de alta precisão pronto para fundir-se com o início pré-fabricado. Dentro da mesma unidade, a parte superior de plástico dobro é cortada ao meio e colocada na roda mandril onde a embalagem é colocada sobre o topo e mandril. Indução de vedação funde as duas partes perfeitamente em conjunto.

A esterilização é realizada através de um processo com base no gás de peróxido de hidrogênio. Após o preenchimento, uma explosão de gás de nitrogênio é soprado dentro da garrafa para minimizar o teor de oxigênio antes do final da vedação. A última dobra, para criar o distintivo forma e base do Tetra Aptiva Aseptic, ocorre apenas no momento que a embalagem está se fechando.

A garrafa cartonada Tetra Aptiva Aseptic tem propriedades de barreira eficientes que garante uma vida útil longa (no mínimo seis meses) para os produtos sensíveis ao oxigênio, tal como suco. O topo de polipropileno transparente para a versão ácida elevada, que permite aos consumidores ver o conteúdo, contém uma barreira ao oxigênio. Um topo de polietileno opaco em versões LDP protege o conteúdo da luz.

Pucko Ischocko - garrafas de plástico Tetra Top - Em maio de 2007, na Suécia, a Arla Foods lançou seis "On-the-Go" produtos em garrafas cartonadas

Foi acima, o comunicado de imprensa da Tetra Pak, em 2006, em relação à garrafa cartonada Aptiva Aseptic.

Eu não nego o brilho dos engenheiros da Tetra Pak, que tem provado uma e outra vez que podem vir com excelentes soluções para embalagens, bem como para a reciclagem das mesmas. Mas essa história me deixa um pouco confuso, pois a olhadinha no futuro, é uma história do passado. A história se repete.
O que a Tetra Pak tem na manga? O vídeo não mostra. Precisamos esperar até dia 16 de maio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s